sábado, 23 de agosto de 2008

BELA BOBA

... bela, lindamente boba ela ficara, tinha agora entre as mãos um retalho de pano e nele o cheiro do ser amado para acalmá-la em ausência de uma semana, que sentia pesadamente passar a cada segundo.

(FRAGMENTO DE UM CONTO OU CONTO JÁ FEITO)

2 comentários:

josé leite netto disse...

Poeta um mine conto, muito bom. Parabens

Joelia disse...

amei esse fragmento, manda o conto completo para me
kiss!